Missão Impossível 7: Prevê-se que a abertura global de bilheteira seja a melhor da franquia

mission impossible 7

Missão: Impossible – Dead Reckoning Part One está a caminho de se tornar a melhor abertura de bilheteira do franchise liderado por Tom Cruise.

De acordo com a Deadline, prevê-se que Dead Reckoning Part One faça 250 milhões de dólares a nível mundial durante os primeiros cinco dias de exibição nos cinemas, o valor mais elevado de qualquer filme de Mission: Impossible até à data.

Desse total, espera-se que 160 milhões de dólares sejam obtidos em 70 mercados, incluindo Austrália, Reino Unido, Brasil, França e China, enquanto os outros 90 milhões de dólares serão obtidos nos cinemas norte-americanos.

Dead Reckoning Part One está a ser alvo de uma forte onda de entusiasmo para a sua estreia mundial nos cinemas, desfrutando de uma classificação da crítica especializada quase perfeita no Rotten Tomatoes, uma vez que tem sido aclamado como um dos melhores filmes de Missão: Impossível desde a sua estreia em Roma no mês passado.

Realizado por Christopher McQuarrie, o filme vê o Ethan Hunt de Cruise enfrentar a sua missão mais difícil até à data, ao tentar impedir que uma arma potencialmente catastrófica acabe nas mãos erradas, ao mesmo tempo que enfrenta vestígios negativos do seu passado.

YouTube video


Se quiseres falar sobre qualquer coisa geek, podes falar comigo, através do twitter ou Instagram ou Facebook do Tretas do Cromo, sobre isto ou qualquer coisa sobre a DC, Marvel, Star Wars, The Witcher e mais temas geeks.

Youtube

Espreita também o Canal Youtube do Tretas do Cromo, e não percas nenhuma análise ou notícia sobre tudo que envolve o mundo geek.

Considera apoiar o jornalismo presente no site

Considera apoiar o trabalho feito no site, para que possa trazer mais conteúdo e de melhor qualidade, cada vez mais. Espreita uma das seguintes opções:

Obrigado pelo apoio.

SenhorPM

Geek a tempo inteiro, PM é o fundador do projeto Tretas do Cromo. Podes segui-lo no Instagram em @senhor_pm, no twitter em @senhor_pm ou no facebook em @senhorpm.

Deixe um comentário