Fast X foi concebido para regressar às origens das corridas de rua

fast x portugal

O realizador de Fast X, Louis Leterrier, acredita que o primeiro filme da trilogia final de Fast & Furious precisava de voltar às suas raízes em termos de corridas de rua para aumentar o interesse dos fãs.

Em declarações à Entertainment Weekly, Leterrier disse que Fast X precisava de fazer das corridas de rua uma faceta central do filme, tendo em conta algumas das proezas extraordinárias a que se dedicaram os últimos filmes da série Fast & Furious.

“Adoro os filmes de Fast & Furious com espionagem internacional e idas ao espaço e tudo, mas não é por isso que vejo estes filmes”, disse. “Se eu fizer um filme de Velocidade Furiosa, é aquele que traz de volta as corridas para o primeiro plano. É esse o meu legado como realizador, queria trazer os carros de volta à ribalta em Fast & Furious.”

Leterrier substituiu o anterior realizador da franquia, Justin Lin, em Maio do ano passado, com a tarefa de liderar Fast X após a divergência de Lin com o protagonista, Vin Diesel.

O filme de Lin, F9: The Fast Saga, levou a série a níveis surreais ao enviar um carro para o espaço. Depois de Leterrier ter assumido o controlo, concentrou-se menos no grau de excentricidade que a franquia poderia atingir, trazendo as coisas “de volta à Terra” para Fast X.

“O que é que eu podia fazer? Viajar no tempo?” disse Leterrier. “Não há nada que eu pudesse ter feito que fosse maior do que isso. Não há como. Eles foram para o espaço, por isso pensei: ‘Vamos trazê-lo de volta à Terra’.”

Fast X está agora em exibição nos cinemas.


Espreita também o Canal Youtube do Tretas do Cromo, e não percas nenhuma análise ou notícia sobre tudo que envolve o mundo geek.


Considera apoiar o jornalismo presente no site

Considera apoiar o trabalho feito no site, para que possa trazer mais conteúdo e de melhor qualidade, cada vez mais. Espreita uma das seguintes opções:

Obrigado pelo apoio.

SenhorPM

Geek a tempo inteiro, PM é o fundador do projeto Tretas do Cromo. Podes segui-lo no Instagram em @senhor_pm, no twitter em @senhor_pm ou no facebook em @senhorpm.

Deixe um comentário