The Acolyte Recebe Critícas Negativas Pelos Fãs no Rotten Tomatoes e Metacritic

the acolyte a acólita star wars

SEGUE AS REDES PARA FICAR A PAR DAS NOVIDADES


Apesar de ter recebido críticas positivas por parte dos críticos, “The Acolyte” está atualmente a ser alvo de um bombardeamento negativo pelo público em plataformas como o Rotten Tomatoes e o Metacritic.

A era Disney de Star Wars tem sido marcada pela controvérsia, especialmente após o lançamento de “Star Wars: The Last Jedi”, que dividiu drasticamente a base de fãs. Estas divergências persistem, refletindo-se agora na reação contra “The Acolyte”.

A showrunner, Leslye Headland tem sido uma figura particularmente controversa, atraindo críticas significativas de certos segmentos do fandom, onde inclusivo se referiu a “The Acolyte” como a série mais gay de Star Wars.

Relacionado


Este padrão continua com a estreia de “The Acolyte” no Disney+. Até ao momento, a série tem uma classificação de audiência de 39% no Rotten Tomatoes e uma classificação de 4,1 no Metacritic. A natureza das críticas recebidas sugere uma ação conjunta, com muitas opiniões sendo aparentemente geradas por inteligência artificial, oferecendo apenas resumos básicos do enredo.

Além disso, um número notável de críticas de meia estrela no Rotten Tomatoes provém de contas criadas recentemente, o que indica uma campanha específica contra a série.

O que está a acontecer com “A Acólita”?

the acolyte a acólita star wars

A comunidade de fãs da Guerra das Estrelas é conhecida há muito tempo pelas suas divisões, e estas só se acentuaram nos últimos anos. Um grande número de fãs expressou o seu descontentamento em relação ao que consideram ser a “wokeness” das produções da era Disney. Este sentimento foi captado de forma satírica num episódio de South Park que culpava a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, por estas mudanças. A série “The Acolyte”, dirigida pela showrunner lésbica Leslye Headland e com protagonistas femininas e asiáticas, previa suscitar controvérsia entre esta parte da comunidade.

A reação contra “The Acolyte” tem sido muitas vezes marcada por argumentos com citações frequentemente retiradas do contexto nas redes sociais. Por exemplo, quando a atriz, Dafne Keen, falou sobre o objetivo de igualar a coreografia das lutas de “Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma”, alguns interpretaram isso como uma ofensa às prequelas, em vez de uma expressão de admiração pelos seus altos padrões. Tanto Kathleen Kennedy como Leslye Headland abordaram abertamente a reação negativa, atribuindo-a ao racismo e ao sexismo subjacentes.

Por outro lado, a verdade é que estes fatores do “Wokismo” notam-se presentes, visto que nos primeiros episódios, não existe praticamente nenhum personagem com destaque, como a internet intitula de “homem branco”, o que leva ainda mais a ser um fator para esta guerra entre os fãs de longa data contra a Disney. E isto não se aplica apenas a Star Wars, mas também a outras franquias.

O recente processo judicial de Gina Carano contra a Disney, também não ajudou a causa. A antiga atriz de Mandalorian, que foi despedida pela Disney por causa dos comentários controversos contra estes específicos temas. A ação judicial alega que a Disney e a Lucasfilm “assediaram e difamaram Carano por esta se recusar a aceitar os seus pontos de vista sobre questões relacionadas com o Black Lives Matter, pronomes preferidos e alegações infundadas de interferência eleitoral”.

Contudo, é crucial reconhecer que, no meio desta campanha, podem existir críticas legítimas à série, particularmente no que diz respeito ao ritmo e ao diálogo, como alguns críticos referiram.
No entanto, estas preocupações genuínas são muitas vezes ofuscadas pelos esforços coordenados para prejudicar a série.

Isto, paradoxalmente, diminui o impacto de qualquer feedback negativo sincero, uma vez que se torna fácil descartar todas as críticas como parte da campanha. Consequentemente, os fãs que gostam de “The Acolyte” dão por si a defender o programa e o discurso significativo é abafado.

O que pensas sobre tudo isto que rodeia Acolyte? Diz-me nos comentários.


Espreita também o Canal Youtube do Tretas do Cromo, e não percas nenhuma análise ou notícia sobre tudo que envolve o mundo geek.


Considera apoiar o jornalismo presente no site

Considera apoiar o trabalho feito no site, para que possa trazer mais conteúdo e de melhor qualidade, cada vez mais. Espreita uma das seguintes opções:

Obrigado pelo apoio.

SenhorPM

Geek a tempo inteiro, PM é o fundador do projeto Tretas do Cromo. Podes segui-lo no Instagram em @senhor_pm, no twitter em @senhor_pm ou no facebook em @senhorpm.

Deixe um comentário