Aemond é a razão para futura Guerra Civil entre os Targaryens

vhagar house of the dragon

YouTube video


Atenção: Spoilers para o episódio 7 de House of The Dragon

O enredo em House of the Dragon está cada vez mais a aquecer, e uma guerra paira nos céus de Westeros. As “trocas de bocas” estão cada vez mais fortes entre Alicent e Rhaenerys. E a tensão entre as casas presentes na corte de King’s Landing é completamente palpável.

Até agora a única coisa que tem impedido um conflito de maior escala, é um débil Rei. Que apenas quer ver um família unida e dar-se bem, mas tudo indica um mau fim. Tanto para ele, como para o reino que ele governa.

Um dos pontos que pode desencadear esta guerra civil entre Targaryens, cai sobre os ombros de Aemond. E da sua procura por poder controlar um dragão. E no sétimo episódio de Casa do Dragão, ele finalmente consegui o seu desejo. Numa tentativa desesperada, mas de sucesso, Aemon controla agora Vhagar, um dos dragões mais antigos dos sete reinos.

Após a trágica morte de Laena Velaryon no episódio 6 de House of the Dragon, Vhagar ficou sem cavaleiro. Aemond corajosamente aproximou-se de Vhagar após o funeral de Lady Laena, falando com o dragão gigantesco na lingua conhecida como High Valyrian, numa tentativa de criar uma ligação. Aemond teve um sucesso surpreendente, levando Vhagar a dar uma volta para reclamar a sua pretensão.

O sucesso de Aemond em tornar-se o novo cavaleiro de Vhagar utilizando o Alto Valiriano parece virar a maré em House of the Dragon e colocar o enredo agora, às portas da guerra civil, também conhecida como a Dança dos Dragões.

A língua do Alto Valiriano tem tido um impacto considerável em House of the Dragon. Não só Daemon e Rhaenyra Targaryen usam-na para comunicar, demonstrando e aprofundando ainda mais a sua ligação invulgar, mas muitos cavaleiros de dragões da casa Targaryen e da casa Velaryon já a utilizaram na série para comandar os seus dragões.

No episódio 6 de House of the Dragon, tanto os filhos de Alicent como os filhos de Rhaenyra foram ensinados a usar o Alto Valiriano para comandar os dragões e se unirem a eles. E mesmo que o Aemon tenha sido vitima de uma partida pelo seu irmão e pelos seus primos nesse episódio, Aemon está preste a ter a sua vingança num futuro próximo. Mas para isso temos de analisar também que palavras ele usou para conseguir controlar Vhagar, e o que elas podem impactar no futuro da série.

Tradução das palavras de Aemon para Vhagar

No início, Aemond tentou subir sorrateiramente para cima de Vhagar enquanto o dragão dormia descansado da vida, mas a besta não falhou em sentir a sua presença e até ameaçou queimá-lo se ele se aproximasse mais. Nesse momento Aemond gritou: “Dohaerās, Vhagar! Lykirī”, em resposta.

No Alto Valiriano, “dohaerās” significa “servir”, e “lykirī” significa “calma”. Em essência, Aemond estava a dizer a Vhagar para se acalmar e para que o servisse, o que Aemon considerava ser o seu direito sendo ele um Targaryen.

Os dragões escolhem os seus cavaleiros, mas Vhagar estava inicialmente céptico em relação a Aemon (talvez por ele mesmo não ter sangue completamente puro, visto ele ser um misto de Targaryen da parte do pai, o Rei Viserys, e da casa Hightower, por parte da sua mãe, a Rainha Alicent.)

Ora, mas Vaghar cedeu e deixou o jovem príncipe Targaryen montá-la no final. Depois de Aemond ter conseguido subir às costas de Vhagar, gritou a ordem “soves”, que é Alto Valyrian para “voar”, e os dois ascenderam no seu primeiro voo juntos, assinalando assim uma nova ligação para o lendário dragão de Westeros.

O que significa Aemon ter o controlo de Vhagar

A reivindicação de Aemond Targaryen por Vhagar aumenta significativamente a vantagem dos “Verdes” na Dança dos Dragões. Os “Verdes” são as pessoas e as casas vasslas que apoiam a alegação de Alicent Hightower de que o seu filho primogénito Aegon deveria tornar-se Rei depois da inevitável morte de Viserys, em vez de Rhaenyra em se tornar a primeira mulher a sentar-se no ‘Trono de Ferro’.

Otto Hightower, o pai de Alicent e novamente mão do Rei, disse mesmo a certa altura do episódio, que a posse de Vhagar por Aemond “vale mil vezes o preço que ele pagou”. Aemond pode ter perdido um olho em resultado da luta com os seus primos, mas um dragão é um bem valioso numa guerra, especialmente contra uma família que já tem uma série deles do seu lado.

Como já disse anteriormente neste artigo, Vhagar é o dragão mais velho e também o maior presente em Westeros durante esta linha de tempo de House of the Dragon. A destruição de que ela é capaz é praticamente sem igual. Ela tem mais de um século de experiência de batalha no momento em que aparece na série, e diz-se que o seu fogo é tão quente que pode não só derreter a armadura de um soldado, mas também queimar a pessoa dentro dela até se converter em cinzas numa questão de segundos. Este tipo de arma tem a capacidade de virar a maré numa guerra.

Exemplo disso foi o que os dragões de Daenerys na série de Game of Thrones, conseguiram fazer quando chegaram a Westeros, onde dizimaram completamente o exército dos Lannisters, que era na altura, o maior e mais poderoso dos sete reinos.

O episódio seguinte, na próxima semana, apresentará o último grande salto temporal, que supostamente abrange um total de oito anos. Nessa altura, Aemond já terá estabelecido uma ligação completa com Vhagar.

E um combate de dragões pode estar em cima da mesa, pois com o desenrolar destes acontecimentos, podemos ver um confronto entre Vhagar e o dragão de Daemon, de seu nome Caraxes, ou até mesmo com o dragão femea de Rhaenyra, que dá pelo nome de Syrax.

Esta luta proporcionará, sem dúvida, um belo espetáculo, uma vez que House of the Dragon explora ainda mais o conflito que derrubou a dinastia Targaryen.

Achas que é desta que Cavill volta como Superman? Diz nos comentários abaixo.

Se quiseres falar sobre qualquer coisa geek, podes falar comigo, através do twitter ou Instagram ou Facebook do Tretas do Cromo, sobre isto ou qualquer coisa sobre a DC, Marvel, Star Wars, The Witcher e mais temas geeks.


Considera apoiar o jornalismo presente no site

Considera apoiar o trabalho feito no site, para que possa trazer mais conteúdo e de melhor qualidade, cada vez mais. Espreita uma das seguintes opções:

Obrigado pelo apoio.


Youtube

Espreita também o Canal Youtube do Tretas do Cromo, e não percas nenhuma análise ou notícia sobre tudo que envolve o mundo geek.

SenhorPM

Geek a tempo inteiro, PM é o fundador do projeto Tretas do Cromo. Podes segui-lo no Instagram em @senhor_pm, no twitter em @senhor_pm ou no facebook em @senhorpm.

Deixe um comentário