Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania – Análise 2º trailer

ant man 3

O trailer final para o Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania apresenta uma riqueza de novos detalhes e easter eggs. A Fase 4 chegou ao fim, mas naturalmente isso significa simplesmente que o Universo Cinematográfico da Marvel está prestes a lançar a Fase 5. A ação começará com o Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, que está claramente a ser posicionada como um passo crucial na Saga do Multiverso.

O Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania apresenta os espectadores ao Kang the Conqueror de Jonathan Majors, que se acredita ser o principal vilão da Saga Multiverso. Trailers anteriores confirmaram que a família Ant-Man ficou retida no Reino Quântico depois de uma das experiências de Cassie ter corrido mal, e parecia que Scott tinha chegado a um acordo com Kang numa tentativa de os tirar de lá. O trailer final, sugere que os riscos são ainda maiores.

YouTube video

Vê a análise em vídeo se preferires

Scott é famoso

O trailer abre com a narração do Kang a dizer que o nosso Scott Lang é um homem interessante, e sendo o Kang do ano 3000, ele claramente sabe toda a história que se desenrolou desde que o Scott se tornou um Vingador. Daí o Kang frisar que o Scott é um Avenger. Ponto interessante nesta parte, é que o Ant-Man é na realidade o responsável pelos Avengers terem tido sucesso em primeiro lugar. Foi graças a ele que surgiu a ideia de os Vingadores viajarem no tempo para derrotarem o Thanos. O que sem dúvida coloca o Scott na mira de pessoas que o Kang analisa.

Outro aspeto que o trailer nos revela, é que o Ant-Man, tornou-se agora uma pessoa famosa, o que gera um contraste em relação ao que vimos do Scott Lang nos filmes até ao Endgame. Até aqui vimos uma versão do Scott Lang a tentar de certa forma afirmar-se, mas sem conseguir, o que o levava a tirar até fotos das pessoas com o Hulk.

pub loja guardioes

No início deste trailer, vemos o Scott e a Hope a comparecer a um evento, e ao fazer zoom no painel que está na passadeira vermelha, podemos ler “Humanitarion Global Service Awards”, o que nos pode indicar duas coisas. Ou a Hope é quem vai receber o prémio, e o Scott apenas a está a acompanhar, porque no início da passadeira, o foco está na Hope a sair do carro, e para além disso, a Hope já tem mérito como cientista. Ou, pode ser uma situação em que ambos vão receber este prémio por terem salvado o planeta através da sua viagem no tempo para parar o Thanos. Acho que estas duas hipóteses são plausíveis.

Outro ponto curioso nesta passadeira vermelha, é que vemos aqui um senhor já com uma certa idade a segurar um microfone, que faz lembrar um pouco o Stan Lee. É certo que o mito, o homem, a lenda, já não está entre nós, infelizmente, mas podia ser um gesto de carinho da parte da Marvel, para continuar a lembrar essa grande lenda da Marvel. Mas pode ser apenas coincidência. Mas tinha de frisar isto.

A filha saiu ao pai

No momento seguinte, mostra-nos que a filha do Scott está presa, e está neste momento a sair da sua prisão, o que poderá ter sido o seu padrasto que a liberta. Como nos devemos lembrar, o padrasto da Cassie era polícia, e havia esta dualidade durante o crescimento da Cassie, pois ela estava dividida entre o exemplo que o pai biológico que dava, como ladrão e que acabava sempre na prisão, e o seu padrasto, que era policial, mas claramente não tão divertido. O que este clip nos indica, é que a Cassie parece ter seguido as pisadas do Scott e pode até ter acabado na prisão a salvar um dos seus amigos. Assim como o pai fazia.

Por falar na relação entre pai e filha, parece que o Scott não conseguiu superar os anos perdidos com a Cassie, e prova disso é que ele ainda tem uma fotografia da filha no telemóvel, quando esta era pequena. Foto essa que é retirada do 1º Ant-Man quando o Scott que dá aquele peluche horroroso. 

Apesar de Scott ter encontrado a filha quando regressou no início do Endgame, ao contrário de muitos outros heróis, ele parece não conseguir superar os 5 anos que perdeu no crescimento da sua filha, durante a sua adolescência. E isso é visível, na maneira como ele olha para a chamada recebida. Demorando a entender e desfrutar da foto da filha pequena. É certo que o Scott parece todo contente na abertura do trailer, mas na realidade os olhos não mentem, e ele não está feliz. E é este ponto que Kang vai usar para manipular o nosso “pequeno” herói.

A nova tecnologia quântica

A seguir vemos a Cassie a mostrar a nova tecnologia que ela inventou para conseguir aceder ao Reino Quântico e é aqui que as coisas começam a correr mal. Porque esta invenção parece não ter funcionado bem, e sugou-os para o Reino Quântico.

Um detalhe curioso nesta parte é que quando o Scott não consegue segurar a Cassie e ela é sugada para o Reino Quântico, podemos ver o Scott a largar onde se segurava e ir imediatamente atrás dela. E podemos ver algo interessante aqui, porque vemos o Scott a encolher a cada segundo que está mais perto do dispositivo. O que me faz questionar neste momento, é que nenhum dos dois está a usar o fato que os protege das forças quânticas, o que como explicado nos outros filmes, sem o uso do fato, eles deviam ter morrido neste momento. O que me leva a pensar que pode ter sido um erro de continuidade da Marvel, ou na realidade, esta nova tecnologia inventada pela Cassie, pode ser muito melhor e as pessoas que viajarem por esta máquina não precisarem de nenhum fato especial.

Outro detalhe que encontro neste clipe, é que se tivermos atenção à música apresentada aqui, faz-me traçar ligações, à série de Loki. Não só a música é parecida à música de Loki, mas também podemos ouvir o som dos ponteiros dos segundos, como ouvimos na série do Loki. É certo que a introdução de Kang aconteceu na série do Loki, mas mais importante que isso, isto pode representar a verdadeira luta que Loki e Ant-Man têm em mãos, não só contra Kang, mas contra o próprio tempo, cujo é controlado livremente por Kang.

A Introdução de Kang

No clip seguinte, vemos a primeira grande aparição de Kang, e podemos ver a sua máscara de perto. E devo dizer que adoro a maneira como a recriaram aqui. Não só a Marvel nos mostra que a tecnologia que Kang possui é muito parecida ao que vemos nos fatos que o Tony Stark criou para os Vingadores viajarem no tempo, mas também podemos ver as cicatrizes que Kang possui na sua cara.

Um detalhe interessante nessas cicatrizes, é que representam não só uma versão diferente da sua variante, He Who Remais, mas também mostram como esta é uma versão do Kang que não se importa de sujar as mãos, e ir à luta.

Um aspeto a salientar, é que nas bandas desenhadas mais antigas, o Kang é um descendente do Dr. Doom, sendo ele parte da sua linhagem no ano 3000, mais tarde a Marvel alterou um pouco a sua origem e colocou-o como descendente do próprio Mr. Fantastic, o Reed Richards. Mas se olharmos para todo o historial do MCU, há sempre uma âncora desde o início. O Tony Stark. E eu acredito que na versão que vamos ver no MCU, o Kang é na realidade um descendente do Tony Stark.

E sendo o Stark uma figura tão importante no enredo do MCU, acredito que o Kang tenta usar o melhor que Stark fazia. O que me leva a crer que estas cicatrizes na cara, não só são algo que representa um veterano em batalha, mas podem ser também uma fusão entre tecnologia e o próprio homem. Coisa que o Stark tenta fazer ele mesmo, no Iron Man 3, quando ele embute aqueles chips nos braços, de maneira a ter acesso ao seu fato através dos seus pensamentos. Acredito que o fato do Kang funcionar dessa maneira, através do seu pensamento.

A proposta de Kang

De seguida temos uma conversa entre Ant-Man e o Kang, que coloca uma proposta em troca de algo que o Scott tenha que fazer para ele. Ora, no que diz respeito ao Kang dar tempo para estar com a sua filha, é aceitável, visto ele poder controlar todo o tempo. A parte curiosa é o que Scott pode dar a Kang. 

Porque se pensarmos bem, o Kang é um ser super poderoso, e tem um batalhão à sua disposição, o que coloca uma posição interessante de o porquê de ele precisar do Ant-Man. o que me leva a uma teoria sobre a mãe da Hope. 

Como nos foi apresentado em Ant-Man 1, a Janet Van Dyne, passou cerca de 29 anos presa no Reino Quântico, antes de o seu marido a ir salvar. O que lhe deu demasiado tempo para ela bascular este reino e deparar-se com Chronopolis, a cidade de Kang. De fato, a maneira como ela fala sobre Kang, parece revelar que ela possui muito conhecimento sobre quem ele é, dizendo mesmo “que ele pode reescrever a própria existencia”. E é aqui que entra uma das minhas teorias.

De alguma forma, acredito que a Janet possui o conhecimento de como sair do Reino Quântico, ou de como utilizar as suas capacidades para viajar no tempo. Como disse em vídeos anteriores, acredito que o Kang não está aqui como dono e senhor da Cidade de Chronopolis, mas que esta localização é na realidade uma prisão para ele, prisão essa que foi criada por He Who Remains, que como nos foi apresentado em Loki, é das variantes mais benévolas de Kang. 

De fato, Janet pode ter tido um conhecimento sobre isto no tempo que ela está no Reino Quântico, e ter ajudado He Who Remains a prender Kang aqui. E é por isso que Kang precisa do Ant-Man, porque ele precisa que Scott, ou convença a Janet a libertar Kang ou precisa que Scott roube alguns planos ou até tecnologia, que o consiga libertar deste reino. Não podemos esquecer todo o arco que nos foi apresentado de Scott no MCU, como ele sendo um ladrão. Até mesmo a viagem no tempo, foi classificada como “Um Roubo no Tempo”, por isso acredito que Kang precisa de Scott Lang para roubar algo que Janet tem em sua posse.

A introdução de Chronopolis

No clip seguinte vemos mais um pouco da cidade de Chronopolis. Nas comics, Chronopolis é uma cidade no multiverso que serve como base para as conquistas de Kang, mas como disse acima, acredito que esta cidade vai se tornar nisso no futuro, mas não para já. Será um daqueles casos em que vemos o vilão usar o que o prejudicou como base para o seu ódio. Tornando esta sua prisão, na sua base para as futuras conquistas.

Algo interessante que nos é confirmado aqui, é que temos a certeza que Chronopolis fica no Reino Quântico, porque podemos ver o fundo. Outro aspecto interessante, é que podemos ver vários portais, algo que é semelhante ao que vimos em Endgame, quando os Vingadores entraram no Reino Quantinco. E acredito que isto seja também a representação do MCU da localização conhecida como Limbo, nas bandas desenhadas. Onde todos os viajantes do tempo, são obrigados a passar. 

Outro aspecto interessante, é que o centro da cidade de Chronopolis, se assemelha muito a uma pirâmide, o que poderá ser uma referência a outra variante do Kang. Nas comics, a primeira vez que Kang viaja no tempo, ele vai para o antigo Egipto, e graças à sua tecnologia, assume o lugar de faraó e governa esse tempo, com o nome Rama-Tut. Isso até os vingadores o pararem.

Ant-Man dividido em dois

Nesse mesmo clipe, podemos ver o Ant-Man a ser dividido em dois, e podemos reparar que não é um gênero de espelho, mas sim uma variante sua. Porque como vemos nesse clipe, podemos ver que ambos estão cientes da presença um do outro.

O que me leva a querer que não só a Marvel vai juntar Chronopolis e o Limbo numa só localização, mas também vai adicionar mais uma, conhecida como Nexus. Nas comics, o Nexus é um portal interdimensional que proporciona um caminho para toda e qualquer realidade possível, o que inclui realidades entre realidades. É também um lugar único em todo o multiverso onde todas as realidades se intersectam naturalmente. O que pode ser o que nos é apresentado aqui.

O Kang possui um Tesseract?

No clip seguinte, vemos o Kang junto com o Ant-Man a sair de um portal muito parecido àquele que já vimos anteriormente no MCU, que era aberto pelo Tesseract e mais tarde pela Pedra do Infinito do Espaço. Que tinha a capacidade de abrir portais para qualquer lado no universo.

Ora, este portal por onde sai Kang e Ant-Man, é muito parecido ao portal que o Tesseract abre. A curiosidade que isto levanta, é que supostamente o as Pedras do Infinito não funcionam no Reino Quântico, isto se tivermos em conta que a TVA apresentada na série do Loki, se encontra de fato no Reino Quântico. 

O que me leva a pensar que o Kang, ao estudar o passado, pode ter conseguido criar uma tecnologia, que imite o que o Tesseract conseguia fazer. Mas em vez de funcionar como portal para todo o universo, aqui, pode apenas funcionar dentro do Reino Quântico.

Primeira aparição de MODOK

Neste momento, também temos a 1º aparição de MODOK, e que para surpresa de todos, é representado pelo ator que deu vida ao Yellowjacket no primeiro filme do Ant-Man. Podemos ver a cabeça gigante dele ali.

O MODOK que significa (Mental Organism Designed Only for Killing; em português, Organismo Mental Desenvolvido apenas para Matar), foi usado como cobaia nas comics para ter controlo sobre o Cosmic Cube, que é a versão antiga do Tesseract. Ele era apenas um cientista a trabalhar para a organização que dá por nome de A.I.M, mas foi tornado num mutante para ser mais computador que homem. Mais tarde tomou conta da empresa e matou toda a gente de forma vingativa por o terem usado como cobaias.

Ora, mas aqui no MCU, parece que vão alterar a origem do personagem, e o Yellowjacket vai ser transformado no MODOK. Como vimos no final do Ant-Man 1, o Yellowjacket parecia ter morrido depois de ser sugado para o Reino Quântico, mas neste trailer parece que sobreviveu e se transformou nesta versão do MODOK. 

Isto faz de certa forma sentido, e um detalhe interessante, é que no final no filme 1 do Ant-Man, quando o Yellowjacket é sugado para este reino, ele vai perdendo um membro de cada vez, ficando com a cabeça para o fim, o que poderá indicar como a Marvel nos tenciona apresentar esta versão do MODOK. Em que a sua cabeça gigante, não só é do seu cérebro super poderoso, mas também tem origem na maneira como ele foi sugado para este reino.

Outro aspeto a ter em conta, é que quando a Cassie é sugada para o Reino Quântico pela sua invenção, podemos estar perante um paralelismo do que aconteceu no primeiro filme. Porque no primeiro filme, o Yellowjacket rapta a Cassie para chamar a atenção do Ant-Man, e o mesmo pode ter acontecido aqui.

A viagem pelo Reino Quântico

De seguida vemos o Ant-Man a usar a sua tecnologia para entrar cada vez mais no Reino Quântico, e parece que ele está de certo modo a entrar no nível subatômico. Porque vemos o Scott a carregar novamente o botão de encolher, o que pode indicar que o que Kang precisa, ainda está entranhado no nível mais fundo do Reino Quântico.

Após isso vemos Hope Van Dyne e a sua mãe e pai, em cima de um gênero de Raia, o que penso que seja o momento em que eles procuram por Scott e Cassie depois destes terem sido sugados para este reino. E tendo em conta os anos que Janet passou aqui, é normal ela ter as rédeas na mão, porque sem dúvida ela conhece os cantos à casa.

Os Anéis de Shang-Chi?

No clip seguinte, vemos o Ant-Man rodeado por milhares de variantes suas, que usam o mesmo comportamento das formigas, para chegarem onde querem. Criando uma torre para elevar o Scott.

A parte importante aqui são realmente os anéis, que são muito similares aos anéis introduzidos em Shang-Chi. Aqui conseguimos ver os mesmos a rodar em volta de um brilho amarelo intenso, o que poderá ser um gênero de gerador quântico de alguma forma. A parte interessante, é que as insígnias nestes anéis, são as mesmas que em Shang-Chi. 

E como vimos no pós créditos de Shang-Chi, o Bruce Banner diz que o material destes anéis é algo completamente desconhecido, e muito mais velho que 10 mil anos, que é o tempo que o pai de Shang-Chi os tinha em sua posse.

Como sabemos, o tempo no Reino Quântico, passa de maneira diferente do que no mundo real, e quando o Scott ficou preso cá, passaram apenas 5 horas, quando para o resto do mundo, passou 5 anos. Como vimos no Endgame. O que me leva a pensar que quem traz os anéis para o mundo, poderá ser mesmo o Ant-Man, porque neste momento em que o vemos a apontar para eles, ele poderá estar a usar um daqueles discos para encolher as coisas.

Para além disso, ouvimos o Kang a dizer neste exato momento, “Aquilo que ele quer”, o que poderá indicar que o Kang necessita dos anéis para conseguir conquistar o nosso universo. Como foi revelado por um produtor da Marvel Studios. Os anéis de Shang-Chi e a pulseira da Ms. Marvel, vão servir como as novas Pedras Infinitas, nesta saga. O que poderá demonstrar a sua importância nesta cena.

A guerra no Reino Quântico

Após isso vemos uma imagem de Kang de costas a olhar para o horizonte, e se olharmos com atenção aqui, podemos ver várias naves em guerra, com uma delas a ser despenhada por uma nave verde, que presumo ser a nave da equipa Ant-Man.

Para além disso, o Kang parece estar num género de sala que aparenta um trono, mas nota-se que houve aqui alguma luta, porque existem pedaços partidos por todo o lado. Provavelmente a mesma luta que vimos no final com o Ant-Man.

O início de uma Dinastia

Como nos é apresentado pelos títulos neste trailer, podemos ler “testemunha o início de uma dinastia”, o que é uma clara referência ao filme dos Vingadores 5, que tem o título “Dinastia de Kang”. E o que vamos ver em Ant-Man 3 vai ter grande impacto nesse filme e será de certa forma o início da mesma.

Este filme vai ter a mesma importância que o filme do Civil War teve, isso já nos foi dito por um dos produtores da Marvel Studios. Assim como os acordos de Sokovia foram um ponto de viragem na história do MCU, também o Reino Quântico será um ponto de viragem no futuro da Marvel.

David vs Golias ou Ant-Man vs Kang?

No próximo clipe vemos a derradeira luta entre Kang e Ant-Man, e no qual ouvimos o Kang a dizer, “Pensavas que podias ganhar”, o que nos indica o nível de confiança que este vilão possui nas suas capacidades. 

Esta luta também desenrolar no mesmo local onde vimos o Kang de costas, e parece acontecer depois desse momento, porque nesta luta conseguimos o Kang sem uma manga do seu fato e a sangrar desse braço, o que nos indica que a possível conversa que estava a desenrolar no momento anterior, deu para o torto.

Outro simbolismo que me agradou bastante, foi o Kang mandar um pontapé no capacete do Ant-Man, montando aqui um paralelismo de um humano a matar uma formiga, porque é assim geralmente que acontece. O que me faz lembrar também as palavras do Nick Fury para o Loki, no primeiro filme do Vingadores.

Neste mesmo clipe, também vemos a Cassie a saltar e quase a cair no precipício, e acredito que ela esteja a lutar contra o MODOK, porque quando a vemos a saltar, aparece uma explosão de fumo roxo, que é a mesma cor que vemos nas armas do MODOK quando ele está com a sua armadura completa.

O sacrifício de um Herói

ant-man

No clip final, vemos a frase que certamente se vai tornar numa das mais épicas do MCU, quando o Ant-Man responde ao Kang, dizendo, “Eu não tenho de ganhar. Só precisamos de perder os dois”. É TÃO BOA!!

Neste mesmo clipe também vemos o Kang a libertar todo o seu poder, ao disparar os “Raios do Tempo”, que é assim que ele lhe chama. Mas antes disso, vemos o Kang a descer de um disco que é muito parecido ao portal que vimos o Mr. Fantastic usar no Doctor Strange 2. O que poderá também ser uma referência à sua ligação familiar que falei anteriormente.

Outra imagem que acho muito interessante, é a do Ant-Man a cair da torre das suas variantes, e a ser sugado pelo aglomerado de formigas. Isto dá-me uma certas vibes de Man of Steel, quando o Superman é sugado por um monte de caveiras. Sinceramente adorei este paralelismo aqui.

Assim chego ao fim a análise Pela Lupa do segundo trailer para o Ant-Man e a Wasp: Quantumania, e sinceramente não podia estar mais entusiasmado para este filme. Tendo em conta que o Ant-Man sempre foi colocado um pouco de lado em relação ao resto dos Avengers, é muito bom ver que ele vai ganhar grande destaque no futuro do MCU. E talvez seja a última aparição dele, porque se ele não morrer aqui, já vai ser um milagre.




Se quiseres falar sobre qualquer coisa geek, podes falar comigo, através do twitter ou Instagram ou Facebook do Tretas do Cromo, sobre isto ou qualquer coisa sobre a DC, Marvel, Star Wars, The Witcher e mais temas geeks.

Youtube

Espreita também o Canal Youtube do Tretas do Cromo, e não percas nenhuma análise ou notícia sobre tudo que envolve o mundo geek.

Considera apoiar o jornalismo presente no site

Considera apoiar o trabalho feito no site, para que possa trazer mais conteúdo e de melhor qualidade, cada vez mais. Espreita uma das seguintes opções:

Obrigado pelo apoio.


Se quiseres falar sobre qualquer coisa geek, podes falar comigo, através do twitter ou Instagram ou Facebook do Tretas do Cromo, sobre isto ou qualquer coisa sobre a DC, Marvel, Star Wars, The Witcher e mais temas geeks.


Youtube

Espreita também o Canal Youtube do Tretas do Cromo, e não percas nenhuma análise ou notícia sobre tudo que envolve o mundo geek.

Considera apoiar o jornalismo presente no site

Considera apoiar o trabalho feito no site, para que possa trazer mais conteúdo e de melhor qualidade, cada vez mais. Espreita uma das seguintes opções:

Obrigado pelo apoio.

SenhorPM

Geek a tempo inteiro, PM é o fundador do projeto Tretas do Cromo. Podes segui-lo no Instagram em @senhor_pm, no twitter em @senhor_pm ou no facebook em @senhorpm.

Deixe um comentário